quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

marrapaiz, o mundo é bem mais.


Olhando uma página no facebook me deparei com essa imagem. Ao procurar de onde vinha, acabei descobrindo uma banda que se chama Los Porongas, o som é bem gostosinho e me lembra alguma outra banda que eu não sei dizer qual. 

A temática do viajar tem estado frequentemente presente em mim. No sentido de vontade prática ao invés daquele eterno sonhar. E pude perceber que, de fato, viajar é a única coisa que você compra e te deixa mais rico. Não que os livros também não se enquadrem. Mas, ao meu ver, não existe nada mais fascinante que conhecer pessoas e paisagens e culturas e cheiros e sensações diferentes.

Erudição à parte, mas viver a vida é fundamental.

Ojalá que eu possa andar o mapa mundi em espiraladas!

Talvez o próximo passo seja juntar dinheiro ou aprender uma outra língua ou traçar roteiros ou andar por pequenos espaços não menos interessantes. Uma vez vi um blog onde duas meninas postavam a cada dia do ano coisas que nunca tinham feito (365 nuncas). O que é um grande desafio uma vez que estamos cada vez mais presos a rotinas, no andar mecânico que muitas vezes fiz ao ir à faculdade. De repente me assustava porque que nem havia percebido que estava andando pela rua do Filosobar, e eu queria tanto ir à Padaria Vitória, droga. Quando conheci o blog achei a idéia genial. Até hoje estou amadurecendo, com preguiça, a idéia de fazer algo parecido. Será que conhecer um lugar diferente por dia seria um projeto muito ousado?

Embora o meu quintal seja grande e repleto de possibilidades a serem descobertas, mundo mundo vasto mundo, assim como você, vasto é meu coração.


3 comentários:

  1. Paula princesa de vestido rosa3 de janeiro de 2013 03:21

    você falando tanta coisa que tem na minha cabeça sem a gente nem conversar sobre! deixa eu conhecer o mundo com você princesa!

    ResponderExcluir
  2. Tenho pensado o mesmo. Bem o mesmo.

    ResponderExcluir
  3. bora fazer um mochilove, queridos!

    ResponderExcluir